sexta-feira, 14 de novembro de 2014

SUPERLIGA FEMININA 2014/15: Molico/Osasco vence Rio do Sul no duelo de campeões estaduais 2014

Molico/Osasco vence Rio do Sul no duelo de campeões estaduais 2014

O encontro entre o campeão paulista e o catarinense na Superliga Feminina mostrou que a superioridade do Molico/Nestlé persiste. Em jogo disputado na cidade de Osasco na noite desta sexta-feira, Rio do Sul/Equibrasil foi derrotado por 3 sets a 0 (25/16, 25/19 e 25/17). A maior pontuadora foi Carcaces com 12 pontos. Do lado da equipe catarinense, Neneca e Elis foram as que mais pontuaram, com 9 acertos. A levantadora Dani Lins foi considerada a melhor do jogo.


Sem poder contar com sua principal atacante, a oposta Nati, o técnico Spencer Lee escalou Duda para a posição. Apesar do esforço, o ataque poderoso das donas da casa foi o grande diferencial do jogo, com destaque para Carcaces, Adenízia e Samara. O número de erros – 21 de Rio do Sul e 16 do Molico – mostrou que o time catarinense melhorou nesse aspecto, mas ainda não o suficiente para deixar a equipe em uma situação de enfrentar com maior equilíbrio seus adversários.

A terceira derrota do time catarinense em três jogos da Superliga não desanimou o técnico Spencer Lee. Seguro que o adversário é mais um dos grandes favoritos ao título, o treinador ressalta o entrosamento que o time vem ganhando e volume de jogo das meninas.

“A gente pode melhorar ainda mais e também tem que vencer. Isso é um fato. Mas do outro lado, a equipe é uma constelação! Nós estamos com muita sede de vitórias, e nós vamos conquistar nossos pontos”, avaliou Spencer Lee.

Para Luizomar, o resultado positivo foi fruto de uma boa preparação. "Nos preparamos bem e estabelecemos um plano tático com sucesso. Tivemos pela frente um adversário que vinha de dois bons jogos e deu trabalho para candidatos ao título (Rexona e Dentil/Praia Clube). Por isso, sabíamos que teríamos de jogar concentrados. E, na última hora, não pudemos contar com a Thaisa, mas a Lara entrou bem e não deixou o padrão do time cair", avaliou o treinador

A central Lara, um dos destaques, marcou 11 pontos. "Fiquei feliz com a oportunidade e me senti bem dentro de quadra. Entrei um pouco nervosa, pois fazia tempo que não jogava, mas a Thaisa me ajudou muito do banco e fui ganhando confiança. A vitória foi merecida porque não deixamos em nenhum momento o adversário acreditar que poderia nos vencer".

A levantadora Dani Lins foi eleita a melhor em quadra e, com uma distribuição homogênea, colocou o time todo para jogar. Além disso, anotou quatro pontos. "Começamos mal, mas depois o saque entrou e fomos efetivas no bloqueio. O Viva Vôlei é um prêmio que só uma pode receber, mas acho que todas merecem. Estamos de parabéns pela atuação e espero mais vitórias como essa", afirmou Dani Lins. 

Com seis pontos ganhos, após duas rodadas sem perder nenhum set, o MOLICO/Nestlé está nas primeiras colocações da Superliga. O próximo compromisso da equipe de Osasco é no domingo (16) contra o Uniara/AFAV, às 11h, novamente no José Liberatti, em partida antecipada da quarta rodada da competição nacional. 

O jogo Mesmo jogando como visitante, o Rio do Sul começou melhor e com um erro do MOLICO/Nestlé fez 8 a 6. A equipe de Osasco equilibrou a partida e chegou ao empate por 10 a 10 em ataque de Carcaces. Daí em diante, as donas da casa seguiram eficientes na virada de bola e se aproveitaram da sequência de erros do rival: 16 a 12. O MOLICO/Nestlé fechou a parcial por 25 a 16, em 22 minutos. O destaque foi a ponteira Samara, que anotou quatro pontos.

Samara continuou jogando bem na segunda parcial e o MOLICO/Nestlé aumentou a superioridade. Com Dani Lins e Lara pontuando a equipe abriu 4 a 0. Em seguida, Adenízia de ataque e saque marcou 10 a 6. A vantagem foi crescendo e chegou a 18 a 12 com Ivna aproveitando contra-ataque. Nos momentos decisivos da série, Carcaces e Lara fizeram dois acertos atacando e a diferença foi para seis pontos: 23 a 17. O set point surgiu de um erro do Rio do Sul e a cubana finalizou o set em mais um ataque e decretou 25 a 19, em 24 minutos.

No terceiro set, Rio do Sul assustou as mandantes abrindo vantagem de 6 a 4. Porém o time de Osasco reagiu com atuações eficientes de Lara e Carcaces, os destaques da última série, ambas com seis pontos. A central, que substituiu Thaisa, fez um ace e as donas da casa marcaram 12 a 9. Em seguida, a cubana marcou de ataque e o placar registrou 13 a 9. O bloqueio foi o fundamento que desequilibrou o set, pois o time de Osasco anotou sete pontos com o "paredão". O adversário não teve forças para resistir e com um erro de ataque a série acabou em 25 a 17, em 26 minutos. 

No MOLICO/Nestlé jogaram e marcaram: Dani Lins (4), Ivna (6), Samara (10), Carcaces (12), Adenízia (11), Lara (11) e a líbero Camila Brait. Entrou Dani Terra. Técnico: Luizomar de Moura

No Rio do Sul/Equibrasil jogaram e marcaram: Yael (2), Neneca (9), Duda (2), Vanessa (3), Camila Paracatu (1), Mimi Sosa (4) e a líbero Juliana. Entraram: Elis (9), Renata (4), Carla e Fernanda (1) e Flavinha. Técnico: Spencer Lee

Assessoria de Comunicação – Rio do Sul/Equibrasil e ZDL
Foto: ZDL

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...