domingo, 14 de setembro de 2014

CAMPEONATO MUNDIAL 2014 : Brasil vence a seleção Russa por 3 sets a 1 e garante primeiro lugar do grupo

Brasil vence a seleção Russa por 3 sets a 1 e garante primeiro lugar do grupo 
Equipe Brasileira comemora a vitória deste domingo

Oito vitórias em oito jogos representam uma grande campanha no Campeonato Mundial masculino de vôlei. E até este domingo, apenas duas equipes tinham esses números na competição: Brasil e Rússia. Com grande atuação, o Brasil manteve a invencibilidade ao vencer os russos por 3 sets a 1 (25/19, 24/26, 25/19 e 25/19) neste domingo (14.09), na Spodek Arena, em Katowice, na Polônia. O triunfo garante a equipe verde e amarela na primeira colocação do Grupo F.

Até então, a seleção dirigida pelo técnico Bernardinho tinha vencido, na primeira fase, a Alemanha, a Tunísia e a Finlândia, por 3 sets a 0, a Coréia do Sul por 3 a 2, e a seleção de Cuba, por 3 a 1. Já na segunda etapa do Mundial, a equipe verde e amarela bateu Bulgária, China e Canadá, por 3 sets a 0.

O JOGO

O primeiro ponto do jogo foi russo, mas o Brasil virou e, com dois pontos de saque de Bruninho, 3/1. A equipe verde e amarela se manteve na frente, com essa vantagem, em 5/3. E, no ace de Lucão, 6/3. Com mais um grande saque, desta vez de Wallace, o placar foi para 8/5. O time brasileiro aumentou a diferença no placar e, com dois pontos consecutivos de saque de Sidão, foi para 13/7. No erro do adversário, 14/7. Com mais um ponto de saque de Bruninho, o jogo foi para 16/8. O Brasil seguiu bem, administrando o placar (19/13), mas, quando os russos diminuíram a vantagem brasileira (19/15), Bernardinho pediu tempo. A Rússia deu trabalho no final do set, mas o Brasil voltou a pontuar e fechou em 25/21.

A seleção brasileira saiu na frente no segundo set e, em boa passagem de Bruno pelo saque, fez 4/1. Neste momento, a Rússia parou o jogo. O time verde e amarelo seguiu na frente (7/5). Com Murilo, o time aumentou a vantagem no marcador para 10/7. Quando o jogo estava 13/12 para o Brasil, Wallace caiu de mau jeito e foi substituído por Vissotto. Depois de bom saque de Lucarelli, o set foi para 16/13. Os russos chegaram ao empate em 18 pontos e Vissotto colocou o Brasil na frente novamente. Depois de grande lance de defesa, a equipe verde e amarela fez 21/19. Com o central Muserskiy no saque, a Rússia, então, chegou de novo ao empate (21/21) e virou em 22/21. Novo empate em 23 pontos. E os russos fecharam somente em 26/24.

O Brasil voltou bem e logo fez 4/1 no terceiro set. No eficiente saque de Lucarelli, a seleção brasileira voltou a pontuar. Com ponto de bloqueio triplo, a equipe de Bernardinho abriu cinco de vantagem (15/10) e, na sequência, no erro do adversário, 16/10. Contando com erros de saque da seleção da Rússia, o time verde e amarelo chegou a ter tranquilidade no set em 18/11. O Brasil manteve o bom ritmo e, sem permitir qualquer reação da seleção adversária, fechou o terceiro set em 25/19.

A equipe verde e amarela começou o quarto set com Éder no lugar de Sidão, além de Vissotto, que já havia entrado quando Wallace se machucou. Com Lucarelli, o Brasil chegou a 6/4. Quando a equipe brasileira marcou 11/7, a Rússia pediu tempo. No bloqueio de Vissotto, 12/7. O segundo tempo técnico foi de vantagem para a seleção de Bernardinho, que fez 16/11. Em boa passagem de Éder pelo saque, o Brasil chegou a 19/14 e a Rússia pediu tempo. Mas o bloqueio brasileiro voltou a funcionar e o placar foi para 20/14. Em erro de saque de Muserskiy o Brasil marcou 24/18 e teve match point, confirmado após ataque na diagonal de Vissotto em 25/19.

EQUIPES

BRASIL – Bruno, Wallace, Sidão, Lucão, Lucarelli e Murilo. Líberos – Mário Jr. e Felipe
Entraram – Lipe, Vissotto, Raphael
Técnico: Bernardinho

RÚSSIA – Apalikov, Grankin, Spiridonov, Musersky, Ilinykh e Moroz. Líbero – Golubev
Entraram – Volvich, Makarov
Técnico: Andrey Voronkov

Fonte: Clarissa Laurence  - CBV
Foto: Divulgação FIVB
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...