domingo, 14 de setembro de 2014

CAMPEONATO MUNDIAL 2014: Brasil cai no “grupo da morte” na terceira fase do Mundial Masculino de Vôlei

Brasil cai no “grupo da morte” na terceira fase do Mundial Masculino de Vôlei  

A seleção masculina de vôlei, detentora da melhor campanha no Mundial Masculino após o término das duas primeiras fases com 9 vitórias em 9 jogos, na terceira fase deixará Katowice e brigará por uma vaga nas semifinais em Lodz, tendo como adversários os poloneses, donos da casa e novamente os russos. 

O outro grupo é formado por França (primeira de seu grupo nas duas fases anteriores), Alemanha e Irã. Mesmo tendo feito melhor campanha em seu grupo e comemorado o fato de poder continuar em Katowice, o Brasil terá de se deslocar para Lodz na continuação do Mundial, pois anteriormente já havia sido definido que a Polônia faria todas as suas partidas naquela cidade. A tabela indicava que dois segundos colocados não poderiam ficar no mesmo grupo, porém, isso aconteceu no grupo brasileiro. A estreia dos atuais tricampeões mundiais na terceira fase será já na terça-feira, dia contra a Polônia à partir das 15h15min e na quarta-feira a seleção joga contra a Rússia no mesmo horário (de Brasília).

Iniciaram a competição 24 equipes divididas em 4 grupos com 6 seleções cada, onde as quatro melhores seguiram para a segunda fase confrontando os grupos A x D e B x C. As equipes classificadas levaram para a fase seguinte os resultados obtidos inicialmente, descartando apenas os resultados contra as equipes já eliminadas. Para a terceira fase avançaram os três melhores dos grupos onde farão dois triangulares. Desta vez a pontuação será zerada e avançam para as semifinais os dois melhores de cada grupo.

- Vencemos a Rússia, mas não valeu nada, foi só para mostrarmos um bom padrão de jogo. Agora é só pedreira. Temos que descansar e tentar recuperar todos. Não sabemos se foi a escolha certa jogar com todos. Houve contusões dos dois lados, por culpa de um campeonato massacrante como este. Mas não adianta chorar o leite derramado. Temos que manter o foco e a concentração. Fizemos bons testes contra equipes fortes. Agora vamos começar do zero, com a faca nos dentes” - disse Bruninho. 

Fonte: GloboEsporte.com
Foto: Divulgação FIVB
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...