sábado, 13 de setembro de 2014

CAMPEONATO MUNDIAL 2014: Brasil bate o Canadá por 3 sets a 0

Brasil bate o Canadá por 3 sets a 0 e garante classificação
 Seleção brasileira venceu o oitavo jogo na competição 

Com a oitava vitória no Campeonato Mundial, a seleção brasileira masculina de vôlei manteve a invencibilidade na competição onde já possui três títulos. Neste sábado (13.09), o adversário foi o Canadá e a equipe comandada pelo técnico Bernardinho venceu por 3 sets a 0 (25/19, 25/23 e 29/27), em 1h31, na Spodek Arena, em Katowice, na Polônia.

O próximo compromisso do Brasil será neste domingo (14.09), contra a Rússia, no duelo do atual campeão mundial, contra o campeão olímpico. A partida será às 11h40 (Horário de Brasília) e terá transmissão ao vivo do canal SporTV.

Neste sábado, o central Lucão foi o maior pontuador, com 15 acertos. “Vamos tentar descansar o máximo possível até o jogo de amanhã. Já estamos classificados e a briga agora vai ser para quem fica em primeiro e segundo e vamos fazer de tudo para vencer e, consequentemente, continuar em Katowice na próxima fase”, comentou Lucão.

Responsável pelo ponto decisivo da partida, no bloqueio, depois de um longo rally, o central Sidão comemorou o resultado. “O último ponto foi duro. A bola não caía em nenhum dos dois lados, com os times jogando com muita determinação, mas pensei em fazer o bloqueio na hora do ataque do oposto deles e deu certo”, disse Sidão.

O ponteiro Lucarelli destacou a importância de não perder nenhum set. “Cada vitória de 3 a 0 é um desgaste a menos para o nosso time em um campeonato tão longo. Agora, já vamos focar na Rússia, que é um jogo importante para o nosso time, já que podemos garantir a primeira colocação”, ressaltou Lucarelli.

O oposto Wallace reconhece a dificuldade que seu time pode ter amanhã, contra a Rússia, mas segue confiante. “Sabemos que eles têm um time muito qualificado. Vamos estudar bastante para tentar sair com mais uma vitória”, disse Wallace.

O capitão Bruninho também falou sobre a importância de um resultado positivo no próximo confronto. “Amanhã é um outro grande jogo. Sabemos que a Rússia é um forte adversário do Brasil e um dos principais favoritos ao título. Vai ser um jogo muito difícil, mas temos que entrar para tentar fazer um bom jogo, mantendo o nosso ritmo e a boa pegada. Sair em primeiro é interessante para não termos viagem e desgaste com a mudança de sede”, concluiu o levantador do Brasil.

Na primeira fase, o Brasil, que busca seu quarto título no campeonato, derrotou a Alemanha, a Tunísia e a Finlândia, por 3 sets a 0, a Coréia do Sul por 3 a 2, e a seleção de Cuba, por 3 a 1. Já na segunda etapa do Mundial, a equipe verde e amarela bateu a Bulgária e a China, por 3 sets a 0.

O JOGO

O Canadá começou impondo seu forte ritmo e fez 5/1. Neste momento, Bernardinho pediu tempo. Na volta, Wallace bloqueou e o Brasil pontuou. A equipe brasileira, então, reagiu e, em boa passagem de Wallace pelo saque, encostou em 6/5. E foi também com bloqueio de Wallace, que a seleção brasileira empatou: 9/9. O set seguiu equilibrado e, com Lucarelli, o Brasil marcou 12/11. Na sequência, o time verde e amarelo abriu dois (16/14). Depois, o Brasil manteve o domínio da parcial e chegou a 20/16. Lipe entrou para sacar em 21/17 e conseguiu o ponto. Melhor em quadra, a seleção brasileira fechou o primeiro set em 25/19.

A segunda parcial teve equilíbrio no início, com as equipes empatadas em 3/3. Na sequência, os canadenses abriram 5/3. O Brasil buscou e deixou tudo igual novamente em 6/6. O set seguiu bem disputado e, com ponto de bloqueio de Wallace, a seleção verde e amarela assumiu o comando do placar: 10/9. O set seguiu igual até que as seleções empatassem de novo, desta vez em 19/19. O Canadá, então, fez 21/20, mas Lucarelli forçou o empate em 21/21. O Brasil colocou dois de vantagem (23/21) e os canadenses pararam o jogo. Mas não pararam a seleção brasileira, que venceu por 25/23.

O Brasil fez 2/0 no terceiro set, mas o Canadá buscou e passou a frente em 3/2. As equipes estiveram empatadas em seis pontos. Os canadenses abriram 8/6, mas, no ace de Bruno, o placar voltou a ficar igual: 9/9. A seleção do Canadá, então, voltou a pontuar bem e, quando chegou a 14/11, Bernardinho pediu tempo. O adversário se manteve a frente (16/13), e, após boa passagem de Lucarelli pelo saque, no bloqueio de Sidão, o set voltou a ficar igual (16/16). Um novo empate em 21 pontos deixou a reta final do set emocionante. Na bola de segunda de Bruninho, a parcial foi para 23/23. No final, melhor para o Brasil, que, no bloqueio de Sidão, fechou em 29/27.

EQUIPES

BRASIL – Bruno, Wallace, Sidão, Lucão, Lucarelli e Murilo. Líberos – Mário Jr. e Felipe
Entraram – Lipe, Vissotto, Raphael
Técnico: Bernardinho

CHINA – Sandersm Perrin, Duff, Simac, Schmitt e N. Hoag. Líbero – Lewis
Entraram – Winters, Van Lankvelt, Soonias, Schneider
Técnico: Gleen Hoag

Fonte: Clarissa Laurence - CBV
Foto: Divulgação FIVB
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...