sábado, 30 de agosto de 2014

SUL-AMERICANO JUVENIL MASCULINO: Brasil vence o Chile, garante vaga no Mundial e esta na final do Sul-Americano Juvenil

 Brasil vence o Chile, garante vaga no Mundial e esta na final do Sul-Americano Juvenil
                                                                 Seleção brasileira decide o título do Sul-Americano neste domingo

A seleção juvenil masculina brasileira venceu o Chile, neste sábado (30.08), por 3x0 (25/18, 25/13 e 25/10), em 1h15 de partida válida pela semifinal do XX II Campeonato Sul-Americano em Saquarema (RJ). Com o resultado, além de avançar à decisão do título, ainda garantiu vaga no mundial da categoria em 2015.

Na final, que acontecerá neste domingo (31.08), às 18h, o Brasil enfrentará a Argentina, que passou pela Colômbia porá 3x0 (25/23, 25/15 e 25/21). O oposto Lucas Madaloz, da equipe brasileira, foi o destaque da partida contra os chilenos, ao tornar-se o maior pontuador com 21 acertos.

“Hoje entramos muito concentrados no jogo. Ficamos o dia inteiro nos preparando para esta partida que valia a classificação para o mundial. Sobre a minha atuação, é fruto da confiança que eu tenho com o meu levantador (Fernandinho), somos do mesmo estado, temos um entrosamento muito grande, já estamos há quatro anos jogando junto nas seleções de base”, disse o atleta.

No jogo que deu a classificação na principal competição da categoria, a equipe brasileira mostrou superioridade física e técnica desde o começo, principalmente na potência do saque, característica do time dono da casa em todo o torneio. O treinador brasileiro, Leonardo Carvalho, ficou satisfeito com o desempenho do grupo em quadra, confessou que a pressão antes da partida era grande.

“Eu hoje parabenizei os meninos porque realmente eles fizeram um jogo brilhante. A equipe do Chile é muito boa, obviamente vieram um pouco abalada com a derrota de ontem. Mas, independente disso, nós tivemos uma atuação praticamente impecável em um jogo que tínhamos muito a perder. Nosso primeiro grande objetivo era a classificação para o mundial e senão vencêssemos esta partida seria uma grande catástrofe. Eles conseguiram superar toda a pressão, um peso grande nas costas de continuar o nosso sonho, e conseguimos ter nossa melhor atuação no campeonato. Mas ainda não tem nada ganho, amanhã enfrentaremos a Argentina que é fortíssima e muito bem treinada”, avaliou o técnico.

Antes das semifinais, duas partidas da disputa pela as posições mais baixas na tabela deram início ao dia de competição. No jogo inaugural deste sábado o Equador levou a melhor sobre o Uruguai por 3x1 (25/15, 22/25, 25/23 e 25/22). Na sequência, o Peru precisou de cinco sets para derrotar o Paraguai (25/16, 25/21, 23/25, 23/25 e 16/14). Neste domingo, Uruguai e Paraguai se enfrentam na briga da sétima posição, às 9h, enquanto Equador joga contra o Peru pelo quinto lugar, às 11h30. Às 15h30, Chile e Colômbia duelam pelo bronze.

Fonte: Rogério Lauback
Foto: Alexandre Arruda - CBV 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...