sexta-feira, 8 de agosto de 2014

Grand Prix 2014: EUA vence a Rússia de virada

EUA vence a Rússia de virada 
Seleção americana venceu a Rússia por 3 sets a 1

Na estreia do grupo D, no ginásio do Ibirapuera, em São Paulo nesta segunda semana de Grand Prix, a seleção norte-americana venceu a Rússia de virada por 3 x 1, com parciais de 22 x 25, 25 x 19, 25 x 18 e 25 x 17 na manhã desta sexta-feira.
  
A oposta Kelly Muprhy foi a maior pontuadora da partida com 20 pontos com Akinradewo e Adams vindo logo atrás com 16 e 14 pontos respectivamente. Pelo lado da Rússia, Goncharova marcou 16 pontos.

O time russo começou muito bem a partida a pontos de abrir 8 x 3 na primeira parada técnica do primeiro set, depois de um bloqueio de Kosheleva. As russas fizeram uso de seu poderoso bloqueio para ficarem a frente do placar após um erro de Alisha Glass, forçando o técnico Karch Kiraly a parar o jogo com o placar de 13 x 7.

Os EUA fizeram duas substituições reagindo no placar e reduzindo a diferença para um ponto em 14 x 13. Ao longo do set, a Rússia alcançou vantagem de 22 x 20 e a manteve até o final, fechando o set em 25 x 22.

No segundo set os EUA abriram vantagem de 3 x 0. Mostrando boa consistência e contando com os erros das russas, a seleção medalhista de prata em Londres, foi para o segundo tempo técnico com vantagem de 16 x 9 com Akinradewo. Um grande bloqueio de Klineman colocou os EUA em uma ótima vantagem de 19 x 11 para vencer o set em 25 x 19.

O time norte-americano repetiu o bom início no terceiro set e logo abriu 4 x 1 com um belo ace de Adams. Elas mantiveram as russas sob pressão com saques fortes, abrindo a diferença para 13 x 6. A Rússia reduziu a vantagem para quatro pontos com Kosheleva, marcando 18 x 14. Os EUA mantiveram consistência em seus serviços e fecharam o set em 25 x 18 após ataque de Burbach.

Assim como nos dois sets anteriores, os EUA foram para a primeira parada técnica com vantagem de 4 pontos, marcando 8 x 4. A Rússia logo respondeu e empatou o set em 12 x 12 depois de um erro de Glass. A partida se manteve indefinida até a metade, quando então as norte-americanas marcaram ponto atrás de ponto, abrindo 21 x 17. Kimberly selou vitória norte-americana com um ponto de bloqueio, fechando o set em 25 x 17 e a partida em 3 x 1.

Fonte; Rafa de Cristo - FIVB
Foto: Divulgação FIVB

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...