sábado, 16 de agosto de 2014

GRAND PRIX 2014: Brasil derrota a República Dominicana e conquista a oitava vitória no Grand Prix

Brasil derrota a República Dominicana e conquista a oitava vitória no Grand Prix
 Brasileiras alcançaram a oitava vitória consecutiva

A seleção brasileira feminina de vôlei segue como a única equipe invicta na edição 2014 do Grand Prix. Neste sábado (16.08), o Brasil superou a República Dominicana por 3 sets a 0 (25/19, 25/11 e 29/27), em 1h23 de jogo, no Indoor Stadium Huamark, em Bancoc, na Tailândia. O time verde e amarelo, atual campeão, está no grupo G, que além das dominicanas, tem os Estados Unidos e as donas da casa. Com o resultado, as atuais campeãs olímpicas alcançaram a oitava vitória consecutiva na competição.

O Brasil lidera a classificação geral, com 23 pontos, a China aparece em segundo, com 16, a Turquia em terceiro, com 13 e a Alemanha em quarto, com 11.

O próximo desafio das brasileiras será a Tailândia às 6h30 (horário de Brasília) deste domingo (17.08), com transmissão ao vivo do SporTV.

Visando dar ritmo de jogo a todo o time brasileiro, o treinador José Roberto Guimarães começou a partida contra a República Dominicana com uma formação diferente em relação aos últimos jogos. A levantadora Fabíola, a oposto Tandara, as ponteiras Gabi e Natália e as centrais Carol e Fabiana formaram o sexteto titular.

A atacante Gabi aproveitou a oportunidade e foi a maior pontuadora do confronto, com 18 acertos (14 de ataque e quatro de bloqueio). A central Fabiana também pontuou bem, com 15 pontos.

Para Gabi, o confronto foi importante para dar ritmo para as jogadoras que não atuaram muito no Grand Prix.

"Fiquei feliz porque nossa equipe entrou muito bem em quadra. O Zé Roberto nos deu essa oportunidade e conseguimos aproveitar. Sabemos que precisamos de ritmo de jogo e a partida de hoje foi importante para isso. Nossos jogos com a República Dominicana são sempre difíceis. Tivemos dificuldade no terceiro set, mas conseguimos fechar a partida em três sets", disse Gabi.

A levantadora Fabíola elogiou a postura das jogadoras que começaram como titulares na partida de hoje.

"O grupo que entrou em quadra contra a República Dominicana conseguiu manter o padrão dos últimos jogos. A partida também foi importante para ganharmos ritmo de jogo porque já temos que pensar na fase final", analisou Fabíola.

O treinador José Roberto Guimarães fez uma análise da partida das brasileiras contra as dominicanas.

"Foi um confronto importante para dar ritmo de jogo para todo o grupo. Vamos disputar uma fase final com cinco jogos consecutivos. Por isso, é importante termos todas as atletas nas suas melhores condições. Esse é o nosso objetivo. Ontem, tivemos um confronto muito difícil com os Estados Unidos e o tempo de recuperação para o jogo de hoje foi pequeno. Por isso, a participação das jogadoras que entraram foi muito importante e fiquei feliz com a maneira que jogamos", afirmou José Roberto Guimarães.

O JOGO

O time verde e amarelo foi para a primeira parada técnica da partida com três de vantagem (8/5). O bloqueio das dominicanas passou a funcionar e as caribenhas empataram (10/10). Nesse momento, o saque e o bloqueio das atuais campeãs olímpicas complicaram o sistema de jogo caribenho e o Brasil fez 16/11. O time verde e amarelo seguiu melhor até o final da parcial e venceu o primeiro set por 25/19.

As brasileiras mantiveram o bom momento no início do segundo set e fizeram 13/2. Com um ataque na paralela da central Fabiana, o Brasil foi para a segunda parada técnica do segundo set com 13 pontos de vantagem (16/3). Sem dar chances para a República Dominicana, o time verde e amarelo venceu a segunda parcial por 25/11.

As caribenhas voltaram melhores para o terceiro set e abriram dois pontos (7/5). Bem no bloqueio, o Brasil virou o marcador (13/12). Com um ace da central Carol, o time verde e amarelo abriu dois (15/13). A ponteira Bethania De La Cruz conseguiu uma boa sequência de saques e as dominicanas empataram (19/19). O Brasil foi melhor nos momentos decisivos vencendo a parcial por 29/27 e o jogo por 3 sets a 0.

EQUIPES

BRASIL – Fabíola, Tandara, Gabi, Natália, Carol e Fabiana. Líbero – Camila Brait
Entraram: Dani Lins e Andréia
Técnico: José Roberto Guimarães

REPÚBLICA DOMINICANA – Vargas, Marte, Arias, Bethânia De La Cruz, Priscila Rivera e Martinez. Líbero – Brenda Castillo
Entraram: Binet, Peña, Mambru e Eve
Técnico – Marcos Kwiek

Fonte: Vicente Condorelli – CBV
Foto: Divulgação FIVB
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...