quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Grand Prix 2014: Brasil derrota a China e se segue na luta pelo titulo do Grand Prix

Brasil derrota a China e se segue na luta pelo titulo do Grand Prix
Brasil derrotou a China por 3 sets a 0   

A seleção brasileira feminina de vôlei conseguiu a primeira vitória na fase final do Grand Prix. Depois de ser superado pela Turquia na estreia, o Brasil venceu, nesta quinta-feira (21.08), a China por 3 sets a 0 (25/23, 25/20 e 25/21), em 1h24 de jogo, no Ariake Collesium, em Tóquio, no Japão. O time verde e amarelo é o atual campeão e luta pelo décimo título da competição.

O próximo desafio das brasileiras no Grand Prix será a Bélgica às 3h (horário de Brasília) dessa sexta-feira (22.08). A TV Globo e o SporTV transmitirão ao vivo.

A bicampeã olímpica Jaqueline brilhou na partida contra as chinesas e foi eleita a melhor em quadra. A atacante ainda foi a maior pontuadora do confronto, ao lada da ponteira Fernanda Garay, com 15 pontos. A oposto Sheilla e a central Fabiana também pontuaram bem, com 11 acertos cada.

A ponteira Jaqueline chamou a atenção para a recuperação rápida das brasileiras depois da derrota de quarta-feira para a Turquia por 3 sets a 2.

"Temos que ser fortes nesses momentos. A partida de ontem foi atípica e, apesar de tentarmos, o nosso jogo não funcionou. Hoje, colocamos a cabeça no lugar e sabíamos da importância desse confronto para o restante do campeonato. Fizemos uma boa partida e espero que daqui para frente as vitórias continuem saindo. O time jogou com alegria e estava mais solto em quadra", disse Jaqueline, que ainda comentou sobre o duelo de amanhã contra a Bélgica.

"Será um jogo difícil. Mesmo tendo perdido as duas primeiras partidas, elas vão vir com tudo para tentar a primeira vitória numa fase final do Grand Prix", apostou Jaqueline.

A campeã olímpica Fernanda Garay elogiou a performance das brasileiras e lembrou que nada está definido no Grand Prix.

"Estou feliz pela vitória e atuação do grupo. Conseguimos recuperar o nosso ritmo e, principalmente, a confiança. Sabemos que ainda tem muito campeonato pela frente. Fizemos uma excelente campanha e precisamos usar isso como motivação. Amanhã, teremos mais um jogo difícil contra a Bélgica", afirmou Fernanda Garay.

O técnico José Roberto Guimarães fez uma análise da vitória do time verde e amarelo sobre a China.

"Ainda cometemos alguns erros, mas o nosso passe e a marcação de bloqueio evoluíram. Esse é o caminho que precisamos seguir, sempre ajustando e melhorando nosso jogo. Estamos sem muito tempo para treinar em função do horário das partidas, portanto foi importante mostrarmos uma recuperação rápida depois de uma derrota como a de ontem", analisou José Roberto Guimarães.

O JOGO

A China começou melhor e fez 5/2. Bem nos contra-ataques, o time verde e amarelo empatou (9/9). Com um ataque da bicampeã olímpica Sheilla, as brasileiras abriram dois (12/10). No segundo tempo técnico, a vantagem do Brasil era de três pontos (16/13). Sheilla seguiu bem no ataque e as atuais campeãs olímpicas seguraram uma reação das asiáticas para vencer o primeiro set por 25/23.

As chinesas voltaram melhores para o segundo set e fizeram 8/6. O volume de jogo das brasileiras apareceu e o time verde e amarelo empatou (11/11). A parcial ficou disputada ponto a ponto. A equipe comandada pela técnica Lang Ping foi para o segundo tempo técnico com dois de vantagem (16/14). Numa boa sequência de saques da ponteira Jaqueline, o Brasil virou o marcador e abriu dois (18/16). O time verde e amarelo seguiu melhor até o final do set e, num ataque da central Fabiana, venceu a segunda parcial por 25/20.

O terceiro set começou equilibrado. Com um ace da central Thaísa, as brasileiras abriram três (7/4). O bloqueio e o saque do time verde e amarelo eram eficientes e o Brasil fez 10/8. Com um ace, a China empatou (14/14). Nesse momento, as atuais campeãs olímpicas cresceram de produção e abriram quatro (18/14). Sem dar chances para as asiáticas no final do set, o Brasil fechou a parcial por 25/21 e o jogo por 3 sets a 0.

EQUIPES

BRASIL – Dani Lins, Sheilla, Fernanda Garay, Jaqueline, Thaísa e Fabiana. Líbero – Camila Brait
Entrou: Monique
Técnico: José Roberto Guimarães

CHINA – Yuan, Yang Junjing, Zeng, Liu, Wang e Li. Líbero – Chen Zhan
Entraram: Wang, Qiao, Wang Na e Yang
Técnico – Lang Ping

Fonte: CBV - Vicente Condorelli
Foto: Divulgação FIVB
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...