domingo, 10 de agosto de 2014

GRAND PRIX 2014: Brasil dá show e vence EUA por 3 sets a 0

Brasil dá show e vence EUA por 3 sets a 0
 Jaque vibra com a vitória Brasileira

A seleção brasileira feminina de vôlei segue imbatível do Grand Prix 2014. Neste domingo (10.08), novamente diante de um ginásio lotado, o Brasil superou os Estados Unidos por 3 sets a 0 (25/20, 25/22 e 29/27), em 1h38 de jogo, no Ibirapuera, em São Paulo. O time verde e amarelo, atual campeão, está no grupo D, que além das americanas, tem a Coreia do Sul e a Rússia.

O resultado de hoje manteve o time verde e amarelo na liderança isolada da competição, com 18 pontos (seis jogos, seis vitórias e apenas um set perdido). A China aparece na segunda posição, com 13, a Sérvia em terceiro, com 11 e a Turquia em quarto, com 10.

A seleção feminina viaja ainda neste domingo para a Tailândia, sede do grupo G do Grand Prix, que além das brasileiras, terá os Estados Unidos, a República Dominicana e as donas da casa. O próximo jogo das atuais campeãs olímpicas será na sexta-feira (15.08) contra as norte-americanas.

Na partida deste domingo, a central Thaísa foi a maior pontuadora do time verde e amarelo, com 12 acertos (nove de ataque, dois de bloqueio e um de saque). A oposto Sheilla e a central Fabiana também pontuaram bem, com 10 pontos cada.

A central Thaísa fez uma análise da atuação do Brasil diante dos Estados Unidos.

"Nós forçamos os erros das norte-americanas. Algumas vezes, mandávamos a bola para o outro lado para fazermos elas jogarem. No jogo contra os EUA temos que errar pouco. Sabíamos que a partida seria mais propícia para o bloqueio amortecer, diferente de ontem que conseguimos pontuar bastante neste fundamento. Nosso fundo de quadra está de parabéns, algumas bolas que não conseguimos fazer subir nos amistosos, hoje deram certo", disse Thaísa.

A oposto Sheilla chamou a atenção para a importância das vitórias na etapa brasileira do Grand Prix buscando a classificação para a etapa decisiva.

"Hoje, sacamos muito bem e estivemos taticamente bem. Temos ainda muito trabalho pela frente, mas estamos indo na direção certa. As três vitórias no Brasil foram muito importantes, demos um passo grande para a classificação", afirmou Sheilla.

O treinador José Roberto Guimarães elogiou a atuação das brasileiras e lembrou que o cenário mundial está muito equilibrado.

"O Brasil teve uma regularidade maior que o adversário e fizemos com que os Estados Unidos cometessem mais erros. Os dois times são muito equivalentes, apesar do resultado, não podemos dizer qual é melhor. Todos os jogos serão difíceis. Hoje, fomos melhores e temos time para jogar de igual para igual contra qualquer equipe do mundo. Isso é muito importante. Precisamos de uma vitória para nos classificarmos, não tem nada ganho ainda", analisou José Roberto Guimarães.

O JOGO

O Brasil começou melhor e fez 4/1. Bem no bloqueio, os Estados Unidos encostaram no marcador (6/5). Com um bloqueio simples da ponteira Fernanda Garay, o time da casa abriu dois (10/8). As brasileiras seguiram na frente e foram para o segundo tempo técnico com dois de vantagem (16/14). O Brasil seguiu melhor até o final da parcial e, com um ace da campeã olímpica Fernanda Garay, venceu o primeiro set por 25/20.

Com um ace da levantadora Dani Lins, o Brasil foi para a primeira parada técnica do segundo set na liderança (8/5). Quando o time verde e amarelo fez 10/6, o técnico norte americano, Kiraly, pediu tempo. A parada fez bem a equipe visitante que encostou (13/12). A parcial ficou equilibrada. Com um ponto de bloqueio, as americanas empataram (18/18). A ponteira Jaqueline conseguiu um bloqueio simples e o time da casa fez 22/21. A oposto Tandara, que entrou na inversão do cinco um, conseguiu dois bons ataques e ajudou o Brasil a fechar o segundo set por 25/22.

Os Estados Unidos começaram melhor no terceiro set (5/1). Bem no bloqueio, as brasileiras encostaram (7/6). Com um ace da central Thaísa, a equipe verde e amarela virou o marcador (11/10). No erro de ataque dos Estados Unidos, a diferença no placar subiu para dois (14/12). O final da parcial foi emocionante, mas as brasileiras foram melhores e venceram o set por 29/27 e o jogo por 3 sets a 0.
  
EQUIPES

BRASIL – Dani Lins, Sheilla, Jaqueline, Fê Garay, Thaísa e Fabiana. Líbero – Camila Brait
Entraram: Fabíola, Tandara e Natália
Técnico: José Roberto Guimarães

ESTADOS UNIDOS – Alisha Glass, Murphy, Larson, Hill, Adams e Akinradewo. Líbero – Kayla
Entraram: Dixon, Cassidy, Thompson e Robinson
Técnico – Karch Kiraly

Fonte: Vicente Condorelli -  CBV
Foto: FIVB
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...