terça-feira, 26 de agosto de 2014

Fabiana comemora título e traça próxima meta: “Vamos atrás do Mundial”

Fabiana comemora título e traça próxima meta: “Vamos atrás do Mundial”
Capitã da Seleção Brasileira entrou na seleção do Grand Prix como uma das duas melhores centrais e ergueu o décimo título do Brasil na competição

Na manhã do ultimo domingo (24) a Seleção Brasileira de Vôlei Feminino conquistou pela décima vez o Grand Prix, após vencer o Japão por 3 a 0 na partida decisiva da fase final. Somando 13 vitórias e apenas uma derrota durante toda a competição, o Brasil ganhou o título merecidamente, além de colocar a central Fabiana Claudino, a oposta Sheilla, a levantadora Dani Lins e o técnico Zé Roberto Guimarães na seleção do campeonato, que teve o Japão como vice campeão e a Rússia como terceira colocada.

Capitã da Seleção, Fabiana ergueu mais uma vez a taça do Grand Prix, repetindo o gesto de 2013, quando o Brasil já havia sido campeão. Foi o sexto título da Fabiana neste campeonato, em 11 anos vestindo a camisa do Brasil, apenas ela e a Sheilla possuem este marco.

“Foi uma vitória muito emocionante, uma vitória do grupo inteiro e estamos super felizes por ter conquistado o Grand Prix, pois é o reconhecimento de todo o trabalho e todo o desgaste que tivemos para chegar até aqui. A nossa rotina é muito louca, mas quando chegamos nas fases finais e conquistamos títulos, tudo é recompensado”, disse a camisa 1 do Brasil, que está a caminho de casa, onde irá passar alguns dias com sua família antes de se concentrar com a Seleção para o Mundial.

Agora o foco das meninas será inteiro para a disputa do Mundial, título que o Brasil ainda não conquistou, tendo ficado com o vice em 2006 e em 2010. Para Fabiana, o título do Grand Prix pode ter sido o gás que precisavam para a preparação para o Mundial, mas sabe que não podem se acomodar.

“Com certeza ganhar o Grand Prix nos dá um ânimo maior para ir atrás do título do Mundial, mas são competições diferentes e a forma de disputa também. Mas não podemos relaxar em momento algum se quisermos buscar este título inédito para o Brasil e para nossas carreiras, então estamos nos preparando muito para este momento e vamos lutar por isso”, completou a capitã do Brasil, sonhando com o Mundial, que será disputado na Itália entre 23 de Setembro e 12 de Outubro.

Na primeira fase, o grupo do Brasil irá ter Trieste como cidade sede. A primeira rodada acontece no dia 23 de setembro e o primeiro duelo das meninas será contra a Bulgária. No Grupo B, o Brasil também terá pela frente as Seleções da Sérvia; Turquia (Único time que venceu o Brasil no Grand Prix 2014); Canadá e Camarões.

Fonte:  Innovate Sports
Foto: FIVB
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...