sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

SUPERLIGA FEMININA 2012/13: Rio do Sul não resiste ao Sollys e perde em casa novamente

Rio do Sul não resiste ao Sollys e perde em casa novamente 

A torcida lotou o ginásio, fez barulho, levou um bandeirão gigante e mostrou que o time do Rio do Sul/Equibrasil não está sozinho nesta Superliga. E a atenção da torcida era especial pois o adversário na noite desta sexta-feira foi o atual campeão da competição, o Sollys/Nestlé (Osasco-SP), que venceu por 3 sets a 0 com parciais de 15/25, 14/25 e 21/25. O time catarinense sai com a sensação de que poderia ter jogado melhor pelo apoio que recebeu, mas a experiência da estreia da líbero Elyara e o retorno de Jú Odilon para a ponta rendeu boas perspectivas ao time na competição.



O Sollys fez o que um campeão precisa fazer. Veio com o time principal, mesmo com a líbero Gabi, escolhida a melhor do jogo, no lugar de Camila Brait e Sheila entrando apenas nos momentos finais do terceiro set, a equipe comandada pelo técnico Luizomar de Moura fez sua parte. Foi para cima com os fortes ataques de Jaqueline e Fê Garay e contou com rapidez das levantadoras Fabíola e Karine e o bom desempenho tanto na rede como no saque de Thaisa.


O treinador de Rio do Sul, Rogério Portela teve de arriscar colocando a líbero Elyara já para este jogo. A atleta chegou apenas ontem ao clube onde treinou e foi contratada. “Nós precisamos de mais opções de ataque e a Jú Odilon voltando para a ponta vai melhorar nosso rendimento. Foi um jogo muito difícil e o calor prejudica o rendimento de todo mundo. Mas acredito que tiramos lições importantes frente ao atual campeão para continuar nesta Superliga com vontade”, salienta.


Luizomar de Moura agradeceu o empenho do time e disse que este é o compromisso da equipe. “Se nós não dermos 100% a todo instante, não teremos chances em uma competição tão disputada”, comenta o treinador.


A equipe de Rio do Sul errou muito ao longo do jogo, cedendo 29 pontos ao adversário, quando o Sollys cedeu apenas 11. Neneca voltou a disparar saques fortes e marcou dois aces, além de um da levantadora Ananda. Elis foi a melhor pontuadora do time e da partida com 11 ataques certeiros, mas este desempenho não foi suficiente para que Rio do Sul vencesse um set.


A próxima rodada será outro páreo duro para o time catarinense, que viaja na segunda-feira ao Rio de Janeiro (RJ), onde enfrenta o Unilever, que tem quatro vitórias em cinco jogos. Na sexta-feira dia 15, Rio do Sul joga novamente em casa contra o São Caetano (SP).

TROFÉU VIVAVÔLEI: Gabi, do Sollys/Nestlé
MAIOR PONTUADORA: Elis, do Rio do Sul, com 11 pontos



Fonte: Imprensa Rio do Sul/Equibrasil
Fotos: Clóvis Eduardo Cuco
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...