sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Entrevista Exclusiva com Fernandinha

A Campeã Olímpica Fernandinha Ferreira concedeu entrevista exclusiva ao WCB News, confira 

WCB News apresenta com muito orgulho a entrevista exclusiva de hoje; que é com Fernanda Cristina Ferreira, a Fernandinha, levantadora campeã Olímpica com a seleção brasileira feminina de vôlei em Londres 2012. Além de excelente pessoa e jogadora, é uma guerreira, pois foi atropelada na infância, ficou de cama por mais de 1 mês e meio, e isso lhe ocasionou um problema na coluna que a acompanha até hoje e que a fez recusar duas convocações para a seleção, mas superou as dificuldades e chegou ao tão sonhado ouro olímpico.

Aos 32 anos, a levantadora carioca retornou ao vôlei brasileiro, após cinco anos atuando na Europa, foram quatro anos e meio jogando na Itália e os últimos quatro meses no Azerbaijão. Fernandinha comanda a recém-formada equipe do Vôlei Amil, que em seu primeiro campeonato, o Paulista, ficou em segundo lugar.

Na estreia da Superliga 2012/13 ajudou seu time a vencer a poderosa equipe do Sollys/Osasco por 3x1 fora de casa, e ganhou o troféu Viva Vôlei como a melhor jogadora da partida. Conheça agora mais sobre Fernandinha Ferreira, a levantadora de ouro:





Nome Completo: Fernanda Cristina Ferreira
Data de Nasc.: 10/01/1980
Idade: 32.
Cidade Onde Naceu: Rio de Janeiro
Olhos: Pretos.
Cabelos: Loiros
Altura: 1,73
Peso: 65
Equipe: Amil Campinas
Posição: Levantadora
Qualidade: Sinceridade 
Defeito: Teimosia 
Hobby: Ler 
Time que Torce: Botafogo. 
Medo: De insetos, principalmente os que voam. 
Comida: Todas 
Viagem: Nossa difícil... amo viajar... qualquer lugar... de carro, de avião ou navio...adorooo 
Filme: Policial, aventura, comédia...adoro filmes... 
Música: da Marisa monte e Laura Pausini... 
Clubes que Jogou: América- RJ, Fluminense, Botafogo, Pinheiros, Rexona-Ades, Brasil Telecom, Finasa/Osasco, Santeramo - Itália, Busto Arzisio,Liu Jo-Modena - Itália, Igtisadchi BAKU e AMIL/Campinas


WCB News: Como o voleibol surgiu na sua vida e quais dificuldades que enfrentou para se tornar profissional? 
Fernandinha: Meus pais se formaram em educação Física e eles me incentivaram a começar e durante toda a minha vida sempre me apoiaram muito. Não me lembro de nenhum  jogo em que. eles não foram enquanto eu morava no Rio. Quando eu mudei para São Paulo eles davam um jeito de vir para cá quase todo fim de semana... enfrentei muitas dificuldades, principalmente pela altura...ouvi muitíssimas vezes de muitas pessoas inclusive técnicos q não deveria insistir nisso porque era muito baixa e não teria futuro, mas era meu sonho e isso só me deu mais forca para provar que estavam errados. Fui atropelada aos 12 anos e fiquei de cama 1 mês e meio e isso me deu um problema na coluna que me acompanha ate hoje....


WCB News: Como decidiu jogar como levantadora?
Fernandinha: Bem, fui atacante até os 18 anos... minha primeira participação na seleção brasileira infanto, joguei o Sul americano como ponteira (risos)... é verdade gente... tenho provas (risos) mas depois ficava muito difícil tendo só 1,73 m e devagar fui mudando de posição, não foi fácil porque quem está acostumada a decidir e colocar a bola no chão, depois ter q passar essa responsabilidade para as outras companheiras foi bem complicado, Mudar o modo de raciocinar e entender que a responsabilidade agora era outra...


WCB News: Que conselho dá para quem está começando agora no vôlei e pensa em ser levantadora como você?
Fernandinha: Para ser levantadora acredito que o mais importante é ter muita personalidade, mas também muita, mas muitíssima paciência e é claro se dedicar muito e treinar incansavelmente... é isso que mais pra frente vai fazer a diferença...



WCB News: O que você gosta de fazer nos dias de folga?
Fernandinha: Descansar, ver filmes, ler livros e passear com meus cachorros.


WCB News: Além do voleibol, quais outros assuntos lhe interessam fora do esporte? 
Fernandinha: Animais, empreendedorismo, cinema...


WCB News: Toda mulher se considera vaidosa. Sendo assim, quais são os principais cuidados que você tem com a beleza? 
Fernandinha: Não sou muito vaidosa, sinceramente as vezes tenho vontade de me cuidar e capricho, as vezes não passo nem um cremezinho depois do banho, depende do dia, de como me sinto.. única coisa que nunca deixo de fazer é limpar o rosto de manhã e a noite é passar todos os cremes...


WCB News: Como você cuida da alimentação? 
Fernandinha: Eu n posso reclamar, como de tudo, só não exagero...doces, massas, tudo... mas o importante é saber equilibrar...se um dia como pizza nos próximos dois seguro e como mais leve frutas e verduras e assim vai... mas nunca deixo de comer o a tenho vontade, nada de dietas radicais principalmente ...acho que o segredo está no equilíbrio.


WCB News: Quais os cuidados que você procura ter com sua saúde? 
Fernandinha: Bom, como sempre bastante frutas, legumes, verduras, castanhas...para manter o peso com tanto treinamento e jogos, não tenho problemas... nas férias vou na academia 3 vezes na semana pelo menos, aí dá para manter o corpo bem e saudável.



WCB News: Você tem algum cuidado especial com a beleza em dias de jogos? 
Fernandinha: Como todos os dias da minha vida, se tenho vontade passo uma maquiagenzinha para dar uma valorizada né (risos) mas tem dias que não tenho vontade... aí vou ao natural mesmo (risos).


WCB News: Você tem como característica marcante a simpatia. Já passou alguma situação engraçada ou constrangedora com os fãs por causa disso? 
Fernandinha: Obrigada. Não muitas vezes ..acontece de algum engraçadinho querer dar um beijo muito perto da boca por exemplo. Não falo nada, mas marco a pessoa e dali por diante mantenho uma certa distância porque eu abraço e beijo todos meus fãs é uma troca de energia muito boa, então se alguém se aproveita disso não é legal...



WCB News: Qual você acha a importância de dar carinho e atenção para os fãs? 
Fernandinha: Importante demais...os verdadeiros fãs nos apoiam em todos os momentos...quando estamos bem é fácil né? Mas nos momentos de dificuldades, eu acho fundamental a energia do apoio deles... fora que sentir que existem pessoas que admiram seu trabalho é o melhor reconhecimento... depois de tantas lutas (e todas q ainda virão) você vê que valeu a pena, quando um fã diz que te ama que por uma foto e chora de emoção .. quem não valoriza isso não merece o respeito dessas pessoas ...



WCB News: Como foi jogar tantos anos na Europa? Foi muito difícil se readaptar ao vôlei brasileiro? 
Fernandinha: Foi muito bom...uma das decisões mais difíceis da minha vida, mas que me rendeu mais frutos... precisei sair do meu pais para me darem valor, era um desafio pessoal para mim também e foi maravilhoso...fora as amizades que fiz lá que serão para toda a vida e isso não tem preço e nem medalha que pague! No início foi difícil demais, a rotina mais dura de treinos e a quantidade de musculação que se faz no Brasil é muito maior do que lá fora, o corpo reclama, tudo dói, e perdi muita precisão, na verdade estou começando a me sentir melhor só agora...



WCB News: Depois de tantos anos fora do Brasil, você ainda tinha esperanças de ser convocada? 
Fernandinha: Não por estar fora do Brasil, mas porque já tinha dito duas vezes não para o Zé por causa do meu problema de coluna, quando ele me convocou estava muito ruim...achei que ele não me convocaria mais...



WCB News: Qual o melhor jogo e o pior jogo da sua carreira? 
Fernandinha: São muitos jogos, é difícil escolher um só...


WCB NEWS: O que mudou na sua cabeça depois do ouro olímpico? 
Fernandinha: Nada. Mudou no meu curriculum...eu sou a mesma pessoa, sou só uma levantadura com uma experiência a mais que antes dessas olimpíadas, e com uma medalha que muitos desejam...vi mais uma vez que nada de bom vem fácil...tudo precisa de muita luta, fé e determinação! A forma com que demos a volta por cima e levamos o ouro deixa bem claro, né? (risos)


WCB News Quais suas expectativas na carreira de atleta? 
Fernandinha: Hoje não costumo mais criar mutas expectativas...me dedico muito para poder merecer oportunidades boas na minha vida, aí vou vivendo minha vida um dia por vez...mas um título com a Amil já no primeiro ano não seria mal, mesmo sabendo o quão difícil será...mas a vida é feita de desafios...


WCB News: Você está no melhor momento da sua carreira? 
Fernandinha: Não acho que eu esteja no melhor momento da minha carreira. É difícil dizer.. tive vários bons, como maus momentos...o importante é conseguir se levantar nos momentos difíceis... estou aproveitando muito esse ano, porque estou aprendendo muito com o Zé. 


WCB News: Pretende ir para o Vôlei de Praia ou ser técnica? 
Fernandinha: Técnica nem pensar...já viu quantos técnicos tem cabelo? (risos) é muito stress, no máximo poderia ser treinadora de levantadora... isso eu gostaria, mas acredito que quando parar eu vá fazer outras coisas...não vai ter nada a ver com o esporte...


WCB News: Um Sonho? 
Fernandinha: Fora os que já realizei, graças a Deus, é ter um local que abriga cães abandonados... mas um sonho mesmo seria ver o mundo... mas já ficaria feliz em ver o Brasil se conscientizando e fazendo leis que protegesse os animais, acredito que se as pessoas se sensibilizassem mais com quem não pode se defender como eles, teríamos um mundo muito melhor, com mais respeito e amor pelo próximo...talvez uma utopia mas era uma um sonho praticamente impossível 9 meses atrás que eu ganhasse uma medalha olímpica de ouro junto com a seleção...então enquanto eu viver eu vou continuar sonhando....beijão a todos.



WCB News: Fernandinha, muito obrigado pela entrevista! Gostaríamos muito de agradecer todo seu carinho e consideração com a gente e dizer que vamos estar sempre te acompahando e seguindo sua carreira! Recado para a galera que acompanha sua entrevista no o WCB NEWS: 

Fernandinha: Oi galera do WCB News...espero que tenham gostado da entrevista que respondi com muito carinho....obrigada pela torcida e um beijão grande para todos!

WCB News: Muito obrigado por toda atenção e carinho que você teve nessa entrevista! Se antes já era seu fã por todo seu talento, fiquei ainda mais fã por ver a pessoa tão simpática e atenciosa! Todo sucesso e felicidade do mundo para você!


Entrevista concedida a Walter Caparrós Blanco / WCB News
Fotos: Arquivo pessoal de Fernandinha, REUTERS/Olivia Harris e Felipe Christ/Amil
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...