quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Entrevista Exclusiva com Raquel Löff

"Temos que amar o esporte que praticamos, se não ficamos pra trás" são palavras de Raquel Löff, uma das mais belas e talentosas centrais da nova geração


A Entrevista Exclusiva do WCB News de hoje é com a bela e talentosa central Raquel Löff do Nova Trento-SC, e que fez uma grande Liga Nacional 2012 pelo Brusque, que levou o time a ficar na segunda colocação. Raquel, começou praticando vários esportes, até que a paixão pelo Vôlei bateu mais alto e se tornou sua profissão. Tem grande potencial e sonha em jogar em grandes clubes e chegar à seleção brasileira adulta, e com certeza está no caminho certo, pois vem tendo grandes atuações pelo campeonato Catarinense e já foi convocada para a seleção juvenil. Vamos aqui conhecer mais sobre essa jogadora que com certeza terá um futuro brilhante:


Nome Completo: Raquel Löff da Silva
Data de Nasc.: 02/01/1995
Idade: 17.
Cidade Onde Naceu: Campinas - SP.
Olhos: Azuis
Cabelos: Loiros
Altura: 1,93m.
Peso: 79kg.
Equipe: Nova Trento.
Posição: Central.
Mania: Mexer no cabelo.
Qualidade: Determinação.
Defeito: Perfeccionista (as vezes atrapalha).
Hobby: Fotografar.
Time que Torce: Grêmio.
Medo: Não conseguir atingir minhas metas e objetivos de vida.
Comida: Churrasco e comida japonesa.
Viagem: Em família, qualquer destino me satisfaz.
Filme: Comédia.
Música: Sou eclética, curto de tudo um pouco.
Clubes que Jogou: Nova Trento, Abel Brusque.




WCB News: Como o voleibol surgiu na sua vida e quais dificuldades que enfrentou para se tornar profissional?
Raquel Löff: Sempre fiz todos os esportes possíveis no colégio, até o momento em que os estudos começaram a ficar pesados e o número de atividades diminuiu. Passei a praticar apenas handebol e Vôlei e teve um momento onde eu tive que optar por um dos dois e a paixao pelo Vôlei sempre foi maior. Meu avô jogou na primeira seleção gaúcha e desde pequena tive paixão pelo esporte, aos 13 após minha mãe descobriu um colégio onde tinha um treinamento mais sério, e então comecei a treinar (em Salvador na Bahia onde atualmente moram meus pais) e após disputar meu 2º brasileiro de seleções fui chamada pra ir morar e jogar em Santa Catarina. Pretendo continuar nessa rotina por muito tempo.



WCB News: Um conselho para quem está começando agora no vôlei?
Raquel Löff: Não abaixar a cabeça e desistir quando os obstáculos surgirem, a falta de apoio ao esporte no nosso pais é grande, temos que amar o esporte que praticamos, se não ficamos pra trás.



WCB News: O que você gosta de fazer nos dias de folga?
Raquel Löff: Dormir! (risos). Claro que gosto de sair com os amigos, com a família, conhecer lugares novos e aproveitar pra me distrair. Mas normalmente falou em folga pra mim, falou em descanso e nada melhor do que dormir.



WCB News: Além do voleibol, quais outros assuntos lhe interessam fora do esporte?
Raquel Löff: Gosto de me manter informada sobre assuntos do cotidiano, saber o que está acontecendo mundo a fora, pra na hora de conversar o Vôlei não ser meu único assunto (mas sempre é pra onde a conversa no final se encaminha: Esporte).


 WCB News: Toda mulher se considera vaidosa. Sendo assim, quais são os principais cuidados que você tem com a beleza?
Raquel Löff: Cuido muito do cabelo, hidratando sempre que posso e procuro manter a pele sempre limpa antes de dormir, por exemplo. Sou uma menina cheia de cremes e perfumes e procuro usa-los independente da ocasião.



WCB News: Como você cuida da alimentação?
Raquel Löff: Cuido muito da alimentação. Tenho acompanhamento nutricional e sempre que tenho dúvidas pergunto pra minha nutricionista o que devo fazer. Prato sempre colorido cheio de salada, frutas durante todo o dia e alimentação regrada e com horário. Mas ninguém é de ferro e matar desejo faz bem, por isso tenho um dia da semana livre pra comer o que quiser (mas evitando doces e gordura nem pensar).



WCB News: Quais os cuidados que você procura ter com sua saúde?
Raquel Löff: Só de praticar esporte, o cuidado é dobrado, pois sem saúde, sem esporte. Procuro não comer doces, balas, tomar refrigerante e sempre optar por o alimento mais saudável disponível na hora de comer, e claro, bebo muita água. Saúde está relacionada com alimentação, então cuidando dela, qualquer um será naturalmente saudável.



WCB News: Você tem algum cuidado especial com a beleza em dias de jogos?
Raquel Löff: Nada demais, tomo banho antes do jogo, passo um hidratante que sempre passo pra jogos e o resto que todo mundo faz, prender cabelo, colocar o tênis e ir pra quadra, com um perfuminho claro (risos). Mas o que interessa não é beleza em quadra e sim atuação, resultado.




WCB News: Você tem muito talento para ser fotografada e tem muita desenvoltura para falar diante das câmeras. Se surgissem propostas para trabalho como modelo e até na televisão, você aceitaria? 
Raquel Löff: 
Aceitaria sim, tenho prazer em fotografar e ser fotografada. Desde pequenina já sorria pra câmera fazendo caras e bocas. Tenho fotógrafos na minha família e peguei gosto pela fotografia. Já desfilei quando era mais nova e já passei a experiência de fazer um comercial. Acho tudo muito gostoso e prazeroso. Adoraria trabalhar e ter experiencias com essa área totalmente diferente do esporte! 
Tenho até uma frase que gosto bastante sobre fotografia: "O melhor álbum de fotografia é a nossa memória, nela ficam gravadas fotos reais de momentos bons e ruins de nossa vida."
E tem também um flickr com as fotos que eu tirava antes de me mudar pra santa Catarina quando tinha tempo de praticar esse hobby
A frase é da autoria de Márcia Reis.



WCB News: Quais os momentos mais marcantes na carreira?
Raquel Löff: Quando sai de casa e fui morar longe dos meus pais pra jogar em Santa Catarina, a primeira vez que fui pré-convocada pra seleção brasileira juvenil e quando fui campeã brasileira nas olimpíadas escolares de 2011.



WCB News: Quais suas expectativas na carreira de atleta?
Raquel Löff: Pretendo caminhar muito ainda nessa estrada do voleibol. Tenho vontade de jogar em clubes maiores no país e fora dele também é claro, conquistar quem sabe um dia uma vaga na seleção brasileira.



WCB News: Um Sonho?
Raquel Löff: Representar meu país numa Olimpíada e ser campeã olímpica.



WCB News: Como você avalia os investimentos dos patrocinadores em times brasileiros que infelizmente em alguns casos cobram dos times um imediatismo de resultados e quando isso não acontece acabam tirando o patrocínio?
Raquel Löff: As coisas não caem do céu. Dinheiro não cai do céu e resultados também não. Um depende do outro e sem apoio, nada vai pra frente. É difícil, o atleta muitas vezes treina a vida inteira sem ter apoio e quando não consegue por fim alcançar o ouro olímpico, tem que ouvir milhões de críticas. Ninguém faz mágica, patrocinador é fundamental. Enquanto aos resultados, eles vem sem dúvidas ao longo de um bom treinamento, focado, determinado. Mas isso demanda tempo, tirar o patrocínio as vezes complica porque nem sempre o time estará 100% em um dia bom, ambos os lados tem de ceder, o patrocinador quando o time não alcança o almejado e o time quando o patrocinador infeliz, critica a falta de resultados.



WCB News: Considera a Superliga o melhor campeonato entre clubes do mundo?
Raquel Löff: Sem dúvidas. Não é a toa que a cada Superliga mais atletas de fora do Brasil vem pra cá pra desfrutar do nível dessa competição.



WCB News: Recado para a galera que acompanha sua entrevista no o WCB NEWS:
Raquel Löff: Obrigada a todos por acompanharem a entrevista e o site WCB News, sempre trazendo todas as novidades do Vôlei. Espero poder entrar cada vez mais nesse cenário do esporte brasileiro e agradeço a quem me acompanha e me dá forças sempre também nas redes sociais. Um beijo grande!

WCB News: Raquel muito obrigado por sua atenção e carinho! Foi muito legal saber mais sobre você! Espero que essa seja a primeira entrevista de muitas! Sucesso!

Entrevista concedida a Walter Caparrós Blanco
Fotos: Arquivo pessoal de Raquel Löff
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...