quarta-feira, 13 de junho de 2012

GRAND PRIX 2012: Itália busca ouro inédito

Seleção italiana busca o inédito ouro olímpico
Grand Prix: Italianas estão focadas nos Jogos Olímpicos de Londres

SÃO BERNARDO (SP), 13.06.2012 – Durante a década de 90, a seleção feminina da Itália viveu à sombra do sucesso da equipe masculina, que conquistou três títulos mundiais, oito da Liga Mundial, um da Copa do Mundo e três do Campeonato Europeu. Nos últimos dez anos, as italianas conquistaram seu espaço, com um título mundial, dois da Copa do Mundo e dois títulos europeus, além da primeira participação olímpica.

A temporada 2012 representa a possibilidade de fechar com chave de ouro a trajetória de parte do grupo que conquistou os marcantes resultados com os uniformes azuis. Com a medalha de ouro dos Jogos Olímpicos de Londres na mira, a experiente ponteira Francesca Piccinini, de 33 anos, deixa claro qual é a prioridade da equipe nesta temporada.

“Uma medalha olímpica é a única coisa que falta na minha carreira. Estamos trabalhando muito para chegarmos na melhor condição possível a Londres. A Itália está no mesmo patamar que o Brasil e as outras principais seleções do mundo”, revela a ponteira, que jogou no Brasil há oito anos e está de volta ao país para a segunda etapa do Grand Prix, que acontece neste final de semana, em São Bernardo (SP).

“Morei apenas um ano no Brasil, mas é um lugar que me marcou muito a minha vida. Tenho muitos amigos aqui e é sempre um prazer poder voltar”, diz a ponteira.

A priorização dos Jogos Olímpicos fica clara pelo elenco que a seleção italiana mandou ao Brasil para a segunda etapa do Grand Prix. Algumas das principais jogadoras da equipe, como a levantadora Lo Biano, a ponteira Costagrande e a central Gioli não vieram a São Bernardo, assim como o técnico Massimo Barbolini.

“A viagem para o Brasil é muito longa e para estas jogadoras o melhor era ficar na Itália treinando. Mas sabemos que elas estão preparadas para jogar quando for o momento certo. Os jogos no Brasil serão muito difíceis, mas fizemos bons jogos com este grupo na Polônia, na primeira semana, e espero que possamos ir bem novamente”, acredita a ponteira Lucia Bosetti.

GALERIA DE FOTOS:
http://www.cbv.com.br/v1/imprensa/abrir.asp?id=1258

Fonte: CBV
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...