domingo, 13 de maio de 2012

PRÉ-OLÍMPICO SUL-AMERICANO FEMININO: É CAMPEÃO

 Brasil vence o Peru e se classifica para os Jogos Olímpicos
Foto oficial do elenco campeão - Foto: Walter Caparrós Blanco

SÃO CARLOS (SP), 13.05.2012 – O Brasil está classificado para os Jogos Olímpicos de Londres, este ano. Neste DOMINGO (13.05), as brasileiras venceram as peruanas por 3 sets a 0 (25/12, 25/16 e 25/9), em 1h05 de jogo, na decisão do Torneio Pré-Olímpico Sul-Americano feminino de vôlei, no ginásio Milton Olaio Filho, em São Carlos (SP). Com o resultado, as brasileiras carimbaram o passaporte olímpico.

Jaque marcando mais um ponto - Foto: Walter Caparrós Blanco

 A ponteira Fernanda Garay foi a maior pontuadora da partida, com 15 pontos. A oposto Sheilla também teve uma boa atuação, com 13 acertos. Pelo lado peruano, a atacante Soto foi o destaque, com sete pontos.

Fer Garay com mais um de seus saques - Foto: Walter Caparrós Blanco

 Para o treinador do Brasil, José Roberto Guimarães, a seleção alcançou o objetivo na competição.

Sheilla brinca durante alongamento - Foto: Walter Caparrós Blanco

“Fizemos um bom Pré-Olímpico, mas ainda precisamos melhorar muita coisa, principalmente saque e contra-ataque. Não podemos achar que está bom, até porque o nível lá fora é muito mais alto, em termos de consistência de jogo. Temos que melhorar na parte física, as jogadoras precisam ficar mais fortes. E precisamos fazer ajustes também na parte técnica e na parte tática. Ainda estão caindo algumas bolas bobas na nossa defesa”, analisou José Roberto Guimarães, que já pensa no próximo desafio do Brasil.

Camila Brait - Líbero vem tendo grandes atuações - Foto: Walter Caparrós Blanco

“A gente agora vai encontrar algumas das melhores seleções do mundo no Grand Prix, algumas delas já classificadas para os Jogos Olímpicos. Aí, sim, teremos um parâmetro para saber como estamos”, afirmou o comandante do Brasil, que ainda chamou atenção para a importância de se ter um grupo homogêneo.

União da equipe é um dos pontos fortes do Brasil - Foto: Walter Caparrós Blanco

“O mais importante é ter 12 jogadoras, e não apenas seis. As titulares hoje são essas, mas não quer dizer que amanhã serão. Desde que eu era criança bem pequena lá em Quintana, já ouvia dizer que em time que se ganha não se mexe. Graças a Deus, está complicado pra mim. Se não estivesse, eu estaria triste”, brincou José Roberto.

Time Campeão - Foto: Walter Caparrós Blanco

A levantadora Fabíola comemorou a vaga para Londres e dedicou a vitória para a filha Andressa. “Estou muito feliz. O time jogou bem todo o campeonato. Conseguimos a vaga para Londres no Dia das Mães. Dedico essa vitória para minha filha, que não pôde vir para São Carlos, mas estava torcendo pela nossa classificação”, disse a levantadora.

Grupo garantiu vaga para Londres 2012 - Foto: Walter Caparrós Blanco

Assim como Fabíola, a capitã Fabiana comemorou a vitória, mas garantiu que já está com o pensamento voltado para Londres.

Fabiola comemora com Thaisa - Foto: Walter Caparrós Blanco

“Foi bom atuar no Brasil diante da nossa torcida. Agora temos que treinar ainda mais e focar no nosso objetivo maior que é a medalha olímpica”, afirmou a central.

Fer Garay com mais um belo saque - Foto: Walter Caparrós Blanco

Presidente Ary Graça já pensa em Londres

O presidente da Confederação Brasileira de Voleibol, Ary Graça, assistiu à vitória da seleção e comentou o ano da seleção feminina.

Time invicto - Foto: Walter Caparrós Blanco

“Nessa decisão de hoje, nossas meninas começaram a partida cometendo alguns erros, dando chances para a seleção peruana, mas depois se acertaram e fizeram o que sabem. E esse torneio também serviu para o Zé Roberto corrigir essas falhas, observar os erros para não cometermos lá na frente. Agora teremos o Grand Prix e, depois, vamos em busca de mais um ouro olímpico”, explicou Ary Graça, que elogiou a hospitalidade da cidade de São Carlos (SP).

É Campeão - Foto: Walter Caparrós Blanco

“Se não conseguimos lá atrás, na Copa do Mundo, a vaga para os Jogos Olímpicos, pelo menos pudemos novamente trazer a seleção para jogar aqui no Brasil, carimbando nosso passaporte dentro do nosso país. E a cidade de São Carlos nos abraçou, fez uma grande festa”, finalizou Ary Graça

Jaque, uma das melhores jogadoras do mundo - Foto: Walter Caparrós Blanco


O JOGO
A busca pela classificação olímpica começou com a central Adenizia, que marcou o primeiro ponto da partida. O Peru passou a frente em 3/2 e, no erro do adversário, o Brasil empatou. As peruanas seguiram dando trabalho, mas a equipe verde e amarela fez 8/6 no primeiro tempo técnico. Explorando o bloqueio brasileiro, o Peru empatou o jogo em 8/8 e, com ponto de bloqueio, assumiu o comando do placar. Mas o Brasil não deixou o adversário escapar e, em boa sequência de saque de Jaqueline, fez 13/9. No ataque para fora da seleção peruana, a equipe brasileira foi para o segundo tempo técnico em vantagem: 16/10. A partir deste momento, o Brasil assumiu o domínio do set e fechou a parcial por 25/12.

Jaque vibra com companheiras - Foto: Walter Caparrós Blanco

O Brasil manteve o ritmo no início do segundo set. Com bons bloqueios e eficientes contra-ataques, as brasileiras abriram sete (7/0). No segundo tempo técnico, a vantagem do Brasil já era de 11 pontos (16/5). As peruanas tentaram se recuperar no final da parcial, mas as brasileiras mantiveram o domínio do jogo e fecharam o set por 25/16.

Meninas do Brasil dançam para comemorar o título - Foto: Walter Caparrós Blanco

O Peru voltou melhor para o terceiro set. Na primeira parada técnica, o Brasil tinha dois pontos de vantagem (8/6). Com um ponto de contra-ataque da ponteira Fernanda Garay, o Brasil foi para a segunda parada técnica vencendo por sete pontos (16/9). A equipe comandada por José Roberto Guimarães seguiu arrasadora e, com apoio da torcida, venceu o terceiro set por 25/9 e o jogo por 3 sets a 0.

Meninas brincam - Foto: Walter Caparrós Blanco

EQUIPES:

BRASIL – Fabíola, Sheilla, Adenízia, Thaisa, Fe Garay e Jaqueline. Líbero – Fabi
Técnico – José Roberto Guimarães

PERU – Uribe, Soto, Yllescas, Rueda, Keldibekova e Ortiz. Líbero – Palacios
Entraram: Uribe, Muñoz, Aquino e Ruiz
Técnico – Luca Cristofi

Time campeão - Foto: Walter Caparrós Blanco

Fonte: CBV
Fotos: Walter Caparrós Blanco
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...