quinta-feira, 5 de dezembro de 2019

MUNDIAL FEMININO DE CLUBES 2019: Dentil Praia Clube perde para o Tianjin

Dentil Praia Clube perde para o Tianjin no tie-break e fica fora da semi do Mundial

O sonho do inédito título do Mundial de Clubes feminino de vôlei do Praia Clube fica pelo caminho mais uma vez. Depois da quarta colocação no Mundial passado, o time brasileiro não conseguiu repetir a campanha e parou antes mesmo da semifinal. Apesar da reação e do jogo disputado até o fim, a derrota para as chinesas do Tianjin no tie-break, na manhã desta quinta-feira, deixa o Praia sem chances de avançar a uma rodada do fim: 3 sets a 2 (parciais de 25/21, 25/19, 22/25, 16/25 e 16/14), em 2h30 de partida, em Shaoxing, na China.

quarta-feira, 4 de dezembro de 2019

MUNDIAL FEMININO DE CLUBES 2019: Itambé/Minas é derrotado pelo Eczacibasi

Itambé/Minas é derrotado pelo Eczacibasi e fica fora da semifinal do Mundial

A equipe Itambé/Minas entrou em quadra, na manhã desta quarta-feira, para uma difícil missão no Campeonato Mundial de Clubes, disputado no Centro Olímpico de Shaoxing, na China. Do outro lado da quadra estava um dos times favoritos ao título: o Eczacibasi Vitra, da Turquia. Em um jogo forte não se permite erros, e o time minastenista acabou penalizado pelas falhas, especialmente no primeiro e no terceiro set. No segundo, as minastenistas jogaram de igual para igual com turcas, que venceram pela diferença mínima. Superado por 3 sets a 0, o time minastenista não tem mais chances de chegar à semifinal do torneio. As parciais do jogo foram 25/17, 25/23 e 25/16. Thaisa e Kasiely foram os destaques do Itambé/Minas, com oito pontos cada.

MUNDIAL FEMININO DE CLUBES 2019> Itambé/Minas é derrotado pelo Guangdong Evergrande

Itambé/Minas faz bom jogo, mas comete erros e é derrotado pelo Guangdong Evergrande na estreia do Mundial

A equipe Itambé/Minas não fez a estreia que gostaria no Campeonato Mundial de Clubes – FIVB (Federação Internacional de Voleibol), realizado no Centro Olímpico de Shaoxing, na China. Na manhã desta terça-feira (3/12), a equipe minastenista fez um bom jogo, equilibrou o duelo em vários momentos, mas cometeu alguns erros. O time mostrou muita determinação, especialmente no terceiro set, quando conseguiu uma reação incrível para vencer a parcial e mostrar que estava vivo no jogo. Com parciais de 25/22, 28/26, 23/25 e 25/22, a equipe anfitriã do Guangdong Evergrande venceu o duelo por 3 sets a 1. As opostas Bruna Honório e Sheilla foram os destaques da equipe, com 15 e 14 pontos, respectivamente.

O Itambé/Minas, agora, vai colocar a cabeça no lugar e, sem muito tempo para descanso, volta à quadra na manhã desta quarta-feira (4/12), quando enfrenta o Eczacibasi Vitra, da Turquia, às 6h. O Sportv2 transmite a partida, que será uma reedição da semifinal do Mundial de Clubes do ano passado, quando as minastenistas venceram, de virada, por 3 sets a 2. A equipe turca também foi derrotada na estreia do Mundial, pelo Imoco Conegliano, da Itália, por 3 sets a 1.

A equipe do técnico Nicola Negro está no Grupo A, ao lado do time chinês, do Imoco Volley Conegliano, da Itália e do Eczacibasi Vitra Istanbul, da Turquia. No grupo B estão as atuais campeãs mundiais do Vakifbank Istanbul, da Turquia, o Tiajin Bohai Bank, da China, o Igor Gorgonzola Novara, da Itália, e o Dentil/Praia Clube, do Brasil. A competição será disputada até o próximo domingo (8/12).

A estreia
O Itambé/Minas começou o jogo de forma intensa no ataque, mas, do outro lado, a equipe minastenista encontrou uma defesa bem segura. O time chinês conseguiu fazer o seu jogo e contou com o forte ataque da russa Kosheleva, que anotou 28 pontos no jogo. Bruna Honório, Carol Gattaz e Thaisa deram muita força ao setor ofensivo minastenista, que, na parte final, conseguiu passar à frente no marcador (16/14). Porém, após contar com alguns erros das brasileiras, o time da casa voltou a dominar o set e abriu 1 a 0 na partida: 25/22.

No segundo set, o jogo continuou acelerado e as duas equipes disputaram o ponto a ponto do início ao fim. Com equilíbrio em quadra, os times fizeram um grande jogo. A equipe da casa manteve o domínio da partida, mas as minastenistas não se entregaram e conseguiram empatar a parcial: 22/22. A partir daí, o jogo foi ainda mais disputado. O Guangdong Evergrande acertou a sua defesa e parou o ataque minastenista, que não conseguiu evitar a derrota: 28/26.

No terceiro set, as minastenistas voltaram para a quadra para o tudo ou nada. A equipe brasileira começou melhor (4/2), mas cometeu outros erros e, assim, o time chinês passou à frente. Quando o placar estava 8/5 para as chinesas, a líbero Léia passou um susto no torcedor minastenista. Após tentar recuperar uma bola no fundo da quadra, a jogadora chocou-se contra a placa de publicidade. A partida ficou parada por alguns minutos para atendimento médico da atleta, que, na raça, conseguiu voltar para a quadra e está bem. Com o jogo reestabelecido, a equipe mineira viveu o melhor momento no jogo. As minastenistas estavam em desvantagem (15/9) e, com muita consistência no ataque de Sheilla, conseguiu virar a parcial para 16/15, obrigando o técnico adversário a para o jogo. A ação do treinador não surtiu efeito e o Itambé/Minas manteve o ritmo (18/16). Determinado, o time brasileiro se reergueu em quadra e conseguiu vencer a parcial: 25/23 (2 sets a 1 para as chinesas).

No quarto set, o técnico Nicola Negro manteve a formação que venceu o set, com Sheilla e Bruninha em quadra. O time conseguiu manter a consistência e disputou o ponto a ponto com as donas da casa (9/9) e depois (14/14). Neste set, quem chocou-se contra placa de publicidade foi a chinesa Du QQ, mas, assim como Léia, ela também permaneceu em quadra. O jogo se manteve equilibrado, mas, no fim, a equipe da casa levou a melhor e venceu o duelo (25/22).

Ficha Técnica:
Itambé/Minas: Macrís, Bruna Honório, Thaisa, Carol Gattaz, Deja McClendon, Acosta e Léia (líbero). 
Entraram: Kasiely, Bruninha e Sheilla. 
Técnico: Nicola Negro.

Guangdong Evergrande: Yao Li, Rabadzhieva, Hanyu Yang, Yixin Zheng, Kosheleva, Xiaohan Mei e Li Lin (líbero). 
Entrou: Du Q Q. 
Técnico: Yan Fang.

Fonte: MTC 
Foto: Divulgação FIVB

MUNDIAL FEMININO DE CLUBES 2019: Praia Clube é superado pelo Istambul

Praia Clube é superado pelo Istambul na estreia do Mundial de Clubes na China

Não foi feliz a estreia do Praia Clube no Mundial de Clubes na China. A equipe brasileira foi batida pelo Istambul por 3 a 0 (parciais de 27/25, 25/20 e 25/20) em duelo realizado nesta terça-feira (ainda madrugada pelo horário de Brasília) em Shaoxing. Integrante da seleção brasileira, Gabi foi um dos destaques da fortíssima equipe turca, enquanto a dominicana Brayelín Martínez terminou como a maior anotadora do Praia e da partida com 21 pontos.

sábado, 30 de novembro de 2019

SUPERLIGA 2019/20: Curitiba bate Valinhos

Curitiba bate Valinhos e conquista primeira vitória na Superliga

Um time sairia de quadra nesta sexta-feira à noite com um sentimento inédito na Superliga feminina. Ainda sem nenhuma vitória, Valinhos e Curitiba tentavam desencantar. Melhor para as paranaenses, que, mesmo fora de casa, ganharam por tranquilidade: 3 sets a 0, parciais de 25/18, 25/14 e 25/17.

SUPERLIGA 2010/20: Sesi Vôlei Bauru vence Flamengo

Fora de casa, Sesi Vôlei Bauru vence Flamengo 
Equipe bauruense venceu as donas da casa em seu quinto jogo pela Superliga

O Sesi Vôlei Bauru venceu o Flamengo por 3 sets a 0, com parciais de 14/25, 22/25 e 23/25. O próximo jogo do Sesi Vôlei Bauru pela Superliga será na próxima terça-feira, 03, às 19h, no Centro de Treinamento de Valinhos. O jogo valerá pela décima rodada da competição, e será transmitido pelo Canal Vôlei Brasil. Os detalhes do pré-jogo podem ser conferidos nas redes sociais do time. Após esse duelo, o Sesi Vôlei Bauru receberá o Osasco, no ginásio Panela de Pressão, no dia 6 de dezembro, às 21h30, para o jogo valendo a sétima rodada do campeonato nacional.

SUPERLIGA 2019/20: Sesc RJ vence clássico contra Osasco-Audax

Em jogo emocionante, Sesc RJ vence clássico contra Osasco-Audax e segue invicto

Em mais um capítulo de um dos grandes clássicos do voleibol mundial, melhor para o Sesc RJ. Nesta sexta-feira (29.11), a equipe carioca venceu o Osasco-Audax (SP) por 3 sets a 2 (25/23, 21/25, 25/22, 21/25 e 15/5), no ginásio José Liberatti, em Osasco (SP). Foi a sexta vitória consecutiva do time do treinador Bernardinho que segue invicto e na liderança da Superliga 19/20 feminina de vôlei. A partida foi válida pela sexta rodada do turno.

quarta-feira, 27 de novembro de 2019

SUPERLIGA 2019/20: Vôlei Osasco-Audax vence o São Paulo

Vôlei Osasco-Audax vence o São Paulo e segue invicto na Superliga

O Vôlei Osasco-Audax segue invicto na temporada 2019/20 da Superliga. O time comandado pelo técnico Luizomar venceu a quarta partida consecutiva nesta terça-feira (26), no ginásio José Correa, em Barueri, onde bateu o São Paulo por 3 sets a 2, parciais de 25/23, 15/25, 17/25, 25/23 e 15/10. Todos os detalhes do jogo e bastidores podem ser conferidos no canal oficial do clube, a Osasco Vôlei TV (https://osascovoleitv.tvnsports.com.br/).

SUPERLIGA 2019/20: inheiros vira o jogo e vence Valinhos

Jogando em casa, Pinheiros vira o jogo e vence Valinhos

Em casa, o Pinheiros virou o jogo e venceu o Valinhos por 3 sets a 1, com parciais de 25-17, 28-26 e 25-26! A equipe da capital paulista teve a ponteira Priscila como destaque e o time do interior teve a maior pontuadora da partida: Maiara Basso!

SUPERLIGA 2019/20: Flamengo supera o São Cristóvão Saúde/São Caetano

Flamengo supera o São Cristóvão Saúde/São Caetano fora de casa pela Superliga

O Flamengo conseguiu a segunda vitória na Superliga na noite desta terça-feira (26). Contra o São Caetano, no ginásio Lauro Gomes (SP), o Mais Querido alcançou o placar de 3 sets a 1, com parciais de 25x22, 25x14, 25x27 e 25x22.
O primeiro set foi dominado pelo Mengão, que esteve à frente no marcador ao longo de toda a parcial. O São Caetano reagia, mas o Rubro-Negro conseguia se manter 3 pontos na liderança com bom aproveitamento no passe. O adversário chegou a diminuir a vantagem em momento perigoso e fez 21 pontos contra 22 do Mais Querido, forçando o treinador Alexandre Ferrante a pedir tempo. Retomada a partida, dois erros das donas da casa deixaram o Flamengo com o set point, confirmado com ataque de Carla pela entrada.